quinta-feira, 14 de abril de 2011

O racismo no Brasil

Autor: Celia Regina da Costa

Quando alguém não concorda que ainda em nossa sociedade há racismo sem perceber ele já demonstra uma atitude racista, o Brasil foi construído encima de explorações e preconceitos, basta olharmos para o passado e verificamos como os nossos irmãos foram retirados de seus países (Nigéria e outros) e como eles foram transportados dentro de embarcações em alto mar e da forma que foram comercializados em praças públicas e feiras. O Brasil tem um grande débito com os povos indígenas e com os afro-descendentes.


Este débito é impagável, pois muito sangue foi derramado por estes povos, inúmeras incertezas e medos povoaram os corações e almas dos escravizados, tentaram também sufocar a sua cultura e religiosidade, mas apesar de algumas perdas elas estão ainda inseridas na cultura brasileira (samba, capoeira, afoxé e outros) na religião (as mandingas, as rezas cantadas, as benzeções, o Candomblé e a Quimbanda) e sem falar da presença africana na culinária (feijão, feijoada, carne de porco, quiabo e outros). Não podemos agir com atitudes preconceituosas um com os outros e principalmente com as crianças, infelizmente muitos profissionais da educação (professores, coordenadores, diretores e outros) não agem em pé de igualdade com as crianças, o olhar é diferente quando lançado a uma criança negra, salvo exceções, há excelentes profissionais , mais existem aqueles que julgam e condenam uma criança pela cor ou pela sua condição humana. O chão da escola tem que ser democrático e livre, pois nele há inúmeras diversidades e a educação tem que ter um olhar de amor e dedicação para todas nelas incluídas. O negro, o índio, o homossexual, o deficiente físico ou o diferente não poderá ficar renegado ou esquecido, não oportunizando a ele participar do processo.


Quando o Brasil foi Colônia de Portugal, ele foi somente fornecedor de matérias primas e riqueza, neste momento o negro e o índio serviam para trabalhar e enriquecer a coroa portuguesa.


Mas é necessário que este negro e este índio que foi força de trabalho para a construção do Brasil seja reconhecido como verdadeiros cidadãos brasileiros.

http://www.artigonal.com/educacao-online-artigos/o-racismo-no-brasil-3651888.html


Perfil do Autor

Pedagoga Célia Regina da Costa – Escola Estadual Deputado Emanuel Pinheiro- Várzea Grande/MT


Geógrafa Celma Aparecida da Costa – Escola Estadual Antônio Cesário de Figueiredo Neto- CEJA Cuiabá - MT

Nenhum comentário:

Postar um comentário